ESCRITORES

ESCRITORES

Metamorfose: O Mito e as Fábulas de Paulo Leminski

A produção literária do escritor Paulo Leminski, embora centrada na poesia, surpreende pela diversificação. Há uma série significativa de ensaios e depoimentos críticos, traduções das mais diversas línguas de obras clássicas e modernas, um romance experimental, uma novela, letras de música.
Partindo das vanguardas, considerado cria dos concretos, Leminski, na verdade, tem várias filiações literárias, o que, de certo modo, garantiu sua independência e fez dele uma presença de marca inconfundível, pessoalíssima em nossa literatura. Quando começava a ser rotulado, inovava, buscava outras formas, multifacetava-se, numa atitude que talvez sua maneira de se preservar de qualquer desgaste ou cristalização. Fruto de várias raças, pôs em prática em seus escritos esta mestiçagem de que tanto se orgulhava. Leitor insaciável, deixa transparecer em sua obra, citados, digeridos ou assimilados, muitos nomes da literatura ocidental e oriental das mais diversas épocas.
[...]
CONTINUE A LEITURA: Por Lígia Savio, na Revista [CP-LITERATURA]

O escritor português Valter Hugo Mãe fala de forma apaixonante sobre a poesia de Leminski, um de seus poetas favoritos. Confiram mais este episódio do programa "Livro de Cabeceira"!
Postar um comentário