ESCRITORES

ESCRITORES

A Perfeição Estética de "O Corvo" - Edgar Allan Poe



O Corvo, poema gótico de Edgar Allan Poe (1809-1849), é um dos mais comentados do mundo como exemplo de microcosmo estético perfeitamente acabado, de composição ao mesmo tempo cerebral e inspirada, na qual a vida e a morte encontram-se intensamente presentes e igualmente misteriosas. Poe, escritor de espírito genial e atormentado, prisioneiro do álcool e perfeccionista, cativou nomes como Baudelaire, Mallarmé, Paul Valéry, Conan Doyle, Oscar Wilde, Jorge Luis Borges, Fernando Pessoa e, entre nós, Machado de Assis e Monteiro Lobato.
Leia o poema completo na versão original em inglês e na tradução de Alexei Bueno: [THE HAVEN - O CORVO]

SAIBA MAIS  EM: [blogdopoe.blogspot.com]
Postar um comentário