ESCRITORES

ESCRITORES

Antonio Candido - A crítica que revolucionou o ensino e o estudo da Literatura Brasileira

Um dos maiores intelectuais do país, o crítico Antonio Candido revolucionou o ensino e o estudo da literatura brasileira com uma obra atualíssima que acaba de ser relançada. O conjunto de sua produção acadêmica fez dele um destacado intelectual da cultura brasileira.


Fim dos anos 1930, Antonio Candido acabara de ingressar na faculdade de filosofia. Certa vez, de férias em Poços de Caldas-MG, onde fora criado, encantou-se tanto por Pauliceia Desvairada, de Mário de Andrade, que copiou o livro todo à mão.
Vinte anos depois, já dava aulas de sociologia na USP quando "passou as armas e as bagagens" para os estudos literários. Foi com o olho científico do método e o outro olho sensível do crítico que ergueria uma obra pedra angular para a compreensão de nossa literatura. João Cabral, Guimarães Rosa e Clarice Lispector tiveram suas primeiras obras reveladas por quem? Quem veio a público defender Drummond quando o acusaram de ser mero burocrata de GetúlioVargas?
Apesar da justa etiqueta de "crítico sociológico" Candido sempre valorizou a autonomia estética e a multiplicidade integrativa das abordagens como forma de nunca reduzir as obras a meros documentos bibliográficos. Sua atuação como pensador tornou-se referencial importante para o pensamento democrático de esquerda, mas sua obra maior está nas gerações de críticos que funda a partir de seus livros e aulas, considerados clássicos balizadores de nossa formação.
Por Marcílio Godoi, Revista Língua Portuguesa, Edição-69.

Saiba mais sobre a obra de Antonio Candido, acessando:
[homoliteratus.com/antonio-candido-apontamentos-da-formacao-e-da-tradicao-literaria-brasileira]

Postar um comentário