ESCRITORES

ESCRITORES

Onde foi parar o futebol mulato do Brasil?





No futebol brasileiro praticado com extrema habilidade e elegância até a copa de 1986, além de absolutamente necessário, o gol era o grande momento de êxtase dos jogadores e delírio dos torcedores. A partir daí, com o surgimento da "Era Dunga", uma invenção do medíocre técnico Sebastião Lazaroni, o futebol do Brasil passou a seguir  a máxima do técnico Parreira de que "o gol é apenas um detalhe", e as vitórias da seleção nas copas de 1994 (conquistada nos pênaltis) e 2002 não tiverem o mesmo encantamento das conquistas anteriores.
Não encontramos mais o caminho do gol porque nossa escola futebolística perdeu por completo o estilo de jogar futebol à brasileira, que contrastava dos europeus por um conjunto de qualidades que envolvia o elemento surpresa, a manha, a astúcia, a ligeireza, a espontaneidade e o talento individual. Nossos passes precisos, nossos dribles desconcertantes, nossos despistamentos, nossas transgressões as orientações do treinador, nossa maneira de conduzir a bola que sempre marcaram o estilo brasileiro de jogar, hoje é visto nos times europeus, a exemplo da França e Bélgica, ambos semifinalistas desta copa 2018. 
A derrota pelo placar adverso e humilhante de 7x1 para a seleção germânica em 2014, a desclassificação nas quartas de final agora em 2018, um centroavante (Gabriel Jesus) que não marcou sequer um gol em cinco jogos, deixaram evidente que estamos a anos-luz do verdadeiro e admirável futebol brasileiro.

Algumas máximas de escritores a respeito do esporte bretão:

"O futebol é o ideal de uma sociedade perfeita: poucas regras, claras, simples, que garantem a liberdade e a igualdade dentro do campo, com a garantia do espaço para a competência individual"
  MARIO VARGAS LLOSA

"O futebol é anterior ao sexo"
   NELSON RODRIGUES

"O futebol é a continuação da guerra por outros meios. É uma mímica da guerra"
GEORGE ORWELL

"Foi-se a copa? Não faz mal. Adeus chutes e sistemas. A gente pode, afinal, cuidar de nossos problemas"
Postar um comentário