ESCRITORES

ESCRITORES

Brasileiros Pocotó, Uma Reflexão bem Humorada de Luciano Pires




[REFLEXÕES SOBRE A MEDIOCRIDADE QUE ASSOLA O BRASIL]
Você liga a televisão e não se conforma com o baixo nível da programação? Abre o jornal e só encontra notícias superficiais e sensacionalistas? Liga o rádio e parece estar ouvindo sempre a mesma música? Ruim? Chama um "profissional" para fazer um conserto em sua casa e o resultado é um desastre? No trabalho, sente a solidão de não ter interlocutores? As conversas são rasas, os temas superficiais? Vê seus filhos decorando a mesma tabela periódica que você decorou anos atrás? Você tem a sensação de que o Brasil está ficando burro? Luciano Pires tem certeza que sim. Em "Brasileiros Pocotó", o autor reflete sobre as atitudes dos brasileiros diante do cenário político, econômico e cultural do país. Numa linguagem direta e com ilustrações bem humoradas, ele propõe ao leitor refletir sobre a mediocridade que assola o Brasil, que transforma os brasileiros em verdadeiros pocotós. O texto é irreverente e provocativo, e não poupa nem políticos nem celebridades.

Executivo de uma multinacional, jornalista, escritor, cartunista, pai e principalmente, brasileiro. Essas são as razões que Luciano Pires encontrou para escrever o livro Brasileiros Pocotó, que reúne textos e ilustrações sobre a mediocridade que invade diariamente o lar de cada cidadão.
Após a exibição em rede nacional do fenômeno Pocotó, Luciano Pires escreveu um texto sobre o assunto, que se espalhou pela internet. A polêmica estava lançada. Em poucos dias, a caixa postal do escritor ficou lotada de e-mails manifestando apoio ou revolta com as opiniões contundentes do autor.
"Percebi que existe uma carência pela reflexão sobre o Brasil, seus problemas, riscos e oportunidades, sob um ponto de vista diferente das patrulhas, da pseudo-intelectualidade, do academicismo incompreensível e, principalmente, da mediocridade simplista e superficial, tão comuns em nosso dia a dia.
É isso que tenho tentado fazer, usando a ótica do cartunista que sou, antes de ser um profissional de comunicação, jornalista ou dirigente de uma grande empresa." afirma o escritor.
Já tendo em mãos um livro reunindo suas crônicas que são publicadas toda sexta feira na internet e em seu site www.lucianopires.com.br, Luciano adotou o título BRASILEIROS POCOTÓ, juntou outros textos que dão mais amplitude à discussão e preparou-se para enfrentar mais polêmica.
Brasileiros Pocotó, com suas 152 páginas em linguagem simples e direta, cartuns bem humorados e temas atuais é uma reflexão bem humorada não somente sobre política, educação, economia, comportamento e principalmente, sobre a inocência (ou ignorância) do povo brasileiro ao aceitar o que lê, ouve ou assiste em horário nobre.

Fragmentos do livro: [Fragmento-1]
                        [www.lucianopires.com.br/livros/brasileirospocoto]

8 comentários:

Gisa disse...

Adorei a dica e o fragmento.
Um bj querido amigo e até o próximo.

Vivian disse...

Olá!!Boa Tarde!!

Excelente post!!! Eu concordo com o autor!! Procuro nem assistir muito a tv, e cuido dos tipos de desenhos que meus filhos assistem!
Como mãe, quero formar pensadores!!!Isto é impossível, com o conteúdo do radio e tv!! Incentivo meus filhos a ler e a pensar!!E olha que um tem 9 anos e a outra tem 3 anos!! Mas já consegui passar meu amor pelos livros para eles!!
Só lendo para se salvar da mediocridade!!
Boa sexta-feira!!
Atenciosamente

Rodrigo Passos disse...

compartilho de sua opinião!

Aleatoriamente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aleatoriamente disse...

Menino que texto!
Luiz o Luciano merece um viva!
Eu até imagino os emails que ele deve ter lido.
Mas estamos precisando de um alerta para acabar com a hora da mesmice.
Tem uma frase do Jabor que diz assim” Ser subdesenvolvido não é "não ter futuro"; é nunca estar no presente.”
Amei esse texto.

Beijo querido.

Ariadne Cavalcante disse...

Adorei a sua resenha, muito interessante! Pensei que diria no começo: seus problemas acabaram... Eis que agora vocês têm Brasileiros Pocotó! Rss! Bem, está mesmo em falta uma reflexão pelo Brasil, mas também faltam pessoas que tenham coragem de dizer abertamente como faz O Luciano em seu livro, talvez por isso tenha tido tanta repercussão! O livro me parece mesmo excelente! Obrigada pela dica, amigo! Desculpe aí pela brincadeira! Abraços!

Anônimo disse...

Excelente dica, Luiz !
Tanto se fala que o Brasil, não vai pra frente,que vive patinando na lama produz. Que não isso que não aquilo ... Mas brasileiro não desiste nunca, aff ... Ô cretinice. Acho excelente quando chega alguém e critica, abre a boca, fala mesmo.
Por que o brasileiro é "Pocotó" sim. E a maioria dos problemas que se vê por aqui é culpa do povo ...

Abraços

Adalberto Braga disse...

Desde que os dirigentes da politica, do governo e da comunidade internacional resolveram buscar a pedra filosofal da igualdade entre os homens, a tendência é essa mesmo, igualar por baixo. Quanto tempo, recursos e empenho seriam necessários para transformar um professor Luizinho num Mestre Luiz?
O cenário é esse mesmo, os bípedes onívoros que por espírito de aventura, uma vez se dispõem a por os membros superiores apoiados no chão jamais se erguem novamente; conquistam logo seu espaço na manada.