ESCRITORES

ESCRITORES

Gonçalo M. Tavares: “Ler para ter lucidez”


Gonçalo M. Tavares é um abalo sísmico no panorama da literatura portuguesa atual. Após estrear em 2001 com Livro da dança, publicaria no ano seguinte nada menos do que outros quatro títulos de poesia, teatro e ficção. Na época, foi recebido pelo decano ensaísta Eduardo Prado Coelho como já “um dos maiores poetas para o século XXI”. O escritor português nascido em Angola tem cumprido a sina: em tão pouco tempo, lançou 21 livros em 12 países e é bem recebido pela crítica.
[...] Autor de obra caracterizada não somente pela exuberância criativa, mas também por rigorosos jogos de lógica que misturam poesia e filosofia sem nunca deixar de divertir o leitor, Gonçalo M.Tavares revela a Entrelivros alguns de seus enigmas. Livros, para ele, têm principalmente a missão de aumentar a lucidez.[...]
CONTINUE A LEITURA EM: Por Joca Terron, em artigo da [Revista EntreLivros] - Edição 29]
Postar um comentário