ESCRITORES

ESCRITORES

"Um mais além erótico: Sade" - Octavio Paz

"Voluntarioso, colérico, arrebatado, extremado em tudo, de um desregramento de imaginação quanto aos costumes como igual nunca houve, ateu até o fanatismo, eis em duas palavras como sou; e repito: matem-me ou aceitem-me assim, porque eu jamais mudarei.[Sade, por Simone de Beauvoir]

Octavio Paz escreveu um ensaio em que reflete sobre o erotismo a partir das ideias de Sade. "O erotismo não é uma simples imitação da sexualidade - é sua metáfora", diz ele "O que diferencia o ato sexual de um ato erótico é que no primeiro a natureza serve-se da espécie, enquanto no segundo a espécie, a sociedade humana, serve-se da natureza". E ele conclui páginas à frente: "Instalar a natureza no lugar central que ocupava o Deus cristão[...] não é uma ideia de Sade, mas de seu século.
Porém sua concepção não é a vigente em sua época. Seu libertino não é o bom selvagem e sim uma fera pensante".
Leia excelente resenha, acessando: Octavio Paz: o prazer, origem e perdição do ser humano.
[www.jornaldepoesia.jor.br/bh21paz2.htm]

Ensaio - Octavio Paz - Sade - Erotismo
Sade é um autor perigoso?
A esta questão Octavio Paz responde de forma um tanto diversa do autor do conhecimento proibido. Diz ele: " não acredito que haja autores perigosos, melhor dizendo, o perigo de certos livros não está neles próprios, mas nas paixões de seus leitores. Semelhante resposta propõe Murice Heine, o primeiro biógrafo do marquês, ao ser interpelado com a mesma indagação:" Todos os livros, uma vez nas mãos de degenerados, podem ser considerados perigosos. Não é possivel prever que impulso mórbido um degenerado pode receber da mais inocente leitura. Uma narrativa sobre a vida dos santos, ou outra sobre a paixão de Joana D´Arc, pode perfeitamente levar um desses infelizes a se apoderar de sua irmãzinha e assá-la viva..."

Para saber mais sobre a vida e obra de Sade, acesse:
[escritosdaalcova.blogspot.com.br]

Para saber mais sobre a vida e obra de Octavio Paz, acesse:
[www.elem.mx/multimedia/octaviopaz]

Postar um comentário