ESCRITORES

ESCRITORES

A duração do deserto - A poética de Nina Rizzi



Autora do livro de poemas A duração do deserto, Nina Rizzi (SP, 1983), vive atualmente em Fortaleza/ CE. Historiadora, poeta e tradutora, tem poemas, textos e traduções publicados em diversas revistas, jornais, suplementos e antologias. Publicoutambores pra n’zinga (poesia, Orpheu/ Ed. Multifoco, 2012) e Susana Thénon: Habitante do Nada (tradução, Edições Ellenismos, 2013). Edita a Revista Ellenismos – Diálogos com a Arte [http://ellenismos.com], e escreve seus textos literários no quandos [http://ninaarizzi.blogspot.com]. Atualmente traduz as Obras Completas de Alejandra Pizarnik.





Conheça 04 poemas de Nina Rizzi:

merindilogum pra vaqueiro


não, amor, não posso dormir
- um medo terrível de acordar
e nunca mais querer ir embora

c'os olhos mais moles que te posso
entregar, acabar essa ironia e ser
tua exposa, groen hondjie.


***

I take care, I fit, come to me, come ye, jot


tenho o útero partido
metade polvo, agarro as presas, desejo

a mais cuidadosa das mães
definho, para que viva, amor

um outro tanto, descuido
a capacidade de hiena
riso, esfaimento, abandono

encontro em sua arte, a parte
que me une a mim e ao todo, dialógica

matéria repleta de tentáculos
mordo teus lábios no banheiro

imaginário, onde nada é estrangeiro
como tudo; e guardo teu silêncio
minha língua, angústia e fim

[eu te cuido, eu te caibo,...]

***

pastoral de yansã e a mulher que não se sabe

eu gostava de me perder e lambuzar
no acidente entre suas pernas, adorava

inspirava o ar que lhe saía das narinas
como o enfim deixar de respirar sofrido

depois, quando minha carne tremia, disse

- quando eu te amo, venta

e nunca mais parou a ventania.


***

poema impossível, dionises variegada

lançar meu corpo ao cimo
e alcançar teu nome, abismo.
Postar um comentário