ESCRITORES

ESCRITORES

"A parte obscura de nós mesmos" - Elisabeth Roudinesco

"À maneira de Foucault, influência profunda na metodologia da autora, autor de "História da Sexualidade" [obra sem antecedentes], Elisabeth Roudinesco, abrindo o caminho a futuras investigações, delineia uma breve história das perversões através dos "perversos" do Ocidente, como Sade, o nazista Rudolf Höss, místicos medievais da autoflagelação, como Gilles de Rais, Liduína (Lidwina) de Schiedam, santa da Igreja Católica canonizada em 1890 que mortificava o corpo com jejuns, Barba Azul, pedófilos e terroristas de nossos dias, etc., e mostra que a perversão é, de certo modo, intrínseca à civilização e talvez não possa ou não deva ser banida, pois é o fundamento de nossa civilização; este paradoxo ganha sua apologia ao serem tratados lado a lado como perversos santos e assassinos."
Leia a resenha completa, acessando:

Para ler um trecho da obra, acesse:

Entrevista de Elisabeth Roudinesco ao programa Saia Justa no canal GNT.



Elisabeth Roudinesco fala sobre o seu livro para a TV UOL "A Parte Obscura de Nós Mesmos", que foi tema de palestra na Festa Literária Internacional de Paraty-RJ - 2008.



Postar um comentário