ESCRITORES

ESCRITORES

Bob Dylan, O Poeta do Rock

O rock foi a trilha sonora dos movimentos de protesto que varreram o mundo nos anos 1960.



Um grande cantor é um grande poeta “O que interessa é a voz de Bob. Ele tem sido o mais inventivo cantor dos últimos 10 anos, criando uma linguagem de estresse, encaixando cinco palavras em uma linha de dez e dez em uma linha de cinco, empurrando as palavras ao redor e abrindo espaços para barulho e silêncio por meio de sedução ou do dom do tempo correto, que abrem espaço para expressão e emoção. Cada vocal foi uma surpresa, não se podia prever como ia soar. A música em si, sua estrutura, era meramente uma pista. Os limites estavam lá para serem invadidos. (…)”

‘Nem todos os grandes poetas – como Wallace Stevens – são grandes cantores’, Dylan disse um ano atrás. ‘Mas um grande cantor – como Billie Holiday – é sempre um grande poeta.’ Esse tipo de poesia – e é esse o tipo de poesia que fez com que Dylan parecesse um poeta – está todo lá em ‘Copper Kettle’, no modo com que Bob muda as linhas (…) O fato de que o resto do álbum carece da graça de ‘Copper Kettle’ não é uma questão de o álbum ser diferente ou novo. É uma questão de a música ter poder, ou não ter.”
Trecho de Bob Dylan by Greil Marcus

CONTINUE A LEITURA EM:
Por Fernanda Paola, [revistacult.uol.com.br/home/2011/08/bob-dylan-quem], Revista Cult - Edição 160.

SAIBA MAIS EM:
Artigos sobre Bob Dylan – [OBVIOUS]

Veja imagens da trajetória do músico e ouça trechos de "Like a Rolling Stone", "Blowin' in the Wind", "Subterranean Homesick Blues" e "Tangled Up in Blue":
Postar um comentário