ESCRITORES

ESCRITORES

A autêntica produção poética de Cora Coralina

"Minha querida amiga Cora Coralina: Seu "Vintém de Cobre" é, para mim, moeda de ouro, e de um ouro que não sofre as oscilações do mercado. É poesia das mais diretas e comunicativas que já tenho lido e amado. Que riqueza de experiência humana, que sensibilidade especial e que lirismo identificado com as fontes da vida! Aninha hoje não nos pertence. É patrimônio de nós todos, que nascemos no Brasil e amamos a poesia (...)."
Carlos Drummond de Andrade
[...]
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada, sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
- Enxerto da terra,
meio casmurra.
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos.
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
[...]
Cora Coralina, trecho do poema "Todas as vidas"

Saiba mais sobre a vida e obra de Cora Coralina, acessando:
[literatura.uol.com.br/literatura/complexa-simplicidade-de-cora-coralina]

Para saber mais sobre a vida e obra de Cora Coralina, assista aos vídeos:




Vídeo apresentação do convênio firmado entre a Associação Casa de Cora Coralina e o Ministério da Cultura, por intermédio da Secretaria de Audiovisual.


Postar um comentário