ESCRITORES

ESCRITORES

Coito de Olhares - Tania Regina Contreiras

Coito de olhares


Um coito afoito

de olhares.

Eu não te disse nada
e nem sei quem eras.

mas o que me separava
de ti era somente corpos
meu e teu, desconhecidos.

Um coito afoito
de olhares.

Quem eras tu
e eu quem era...

Seriam séculos
de espera
e esse encontro no sinal?

Atenção
o sinal vai abrir
e tomaremos rumos
diversos.

Um coito afoito
de olhares.

Estridente buzina
e a sina da separação.

Atenção
o sinal vai abrir
e o teu sêmen
derrama-se
feito lágrimas
sobre meu rosto.

Por Tania Regina Contreiras  [Blog Roxo-Violeta]
Postar um comentário