ESCRITORES

ESCRITORES

A arte cinética de Abraham Palatnik

Abraham Palatnik, pioneiro da abstração geométrica e da arte cinética no Brasil, de família de origem judia e russa, estudou pintura, desenho, história e filosofia da arte na mesma época em que fazia um curso de motores a explosão na antiga Palestina, atual Israel.
De volta ao Brasil, em 1948, integrou o primeiro núcleo de artistas abstratos do Rio de Janeiro. No ano seguinte, iniciou suas pesquisas no campo da luz e do movimento, responsáveis por seu reconhecimento como um dos pioneiros da Arte cinética, após a menção especial do júri internacional, na I Bienal Internacional de São Paulo, em 1951.
Integrou o Grupo Frente, aproximando-se da poética visual dos concretos e neoconcretos. Desde então, vem desenvolvendo um trabalho que une pesquisa visual e rigor matemático. Suas obras integram coleções particulares de importantes museus europeus e norte-americanos.

A Galeria Nara Roesler apresenta uma exposição histórica de Abraham Palatnik, sob curadoria de Frederico Morais. A individual foi organizada cronologicamente, incluindo trabalhos de 60 anos de produção artística: desde séries do início de sua carreira como Aparelhos Cinecromáticos, Relevos Progressivos e Objetos Lúdicos, a trabalhos mais recentes da série W e pinturas utilizando tinta Duco em cartão.



Saiba mais sobre a vida e obra de Abraham Palatnik, acessando:
[enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9891/abraham-palatnik]

Veja outros vídeos sobre a obra de Abraham Palatnik, acessando:
[www.youtube.com/watch?v=_OZDy5uT9tU]

Postar um comentário