ESCRITORES

ESCRITORES

Chimamanda Ngozi Adichie - O perigo de uma única história

Nossas vidas, nossas culturas são compostas de muitas histórias sobrepostas. A escritora Chimamanda Adichie conta a história de como ela encontrou sua autêntica voz cultural - e adverte-nos que se ouvimos somente uma única história sobre uma outra pessoa ou país, corremos o risco de gerar grandes mal-entendidos.
A escritora nigeriana de 37 anos concedeu uma palestra no TED, evento norte-americano que procura inspirar pessoas através de suas conferências, buscando desmistificar o olhar de uma plateia que passou a vida inteira acreditando em histórias sobre o seu continente contadas pelos colonizadores europeus e, posteriormente, escritores norte-americanos e também europeus.
Em muitos momentos de sua fala, Chimamanda destaca a importância da criação de uma literatura africana a fim de construir uma identidade que falta aos países do continente e que faça com que países centrais mudem seu olhar de pena para um de igualdade e normalidade. A escritora africana acredita que dessa forma poderia ser estabelecida uma “igualdade de histórias”, o que permitiria uma melhor compreensão do mundo tanto para seus conterrâneos tanto para o restante do planeta que ainda tende a atribuir à África características folclóricas e retrógradas.


Postar um comentário