ESCRITORES

ESCRITORES

Jorge Luis Borges em Essência

Mestre da narrativa curta, o escritor argentino foi um arqueólogo dos símbolos. Explorou mitos, labirintos e espelhos em seus contos. Na vida real e na ficção, recorreu à ironia para suportar as limitações da condição humana.
[...]
"Ficções" e "O Aleph" são os dois mais importantes livros de Jorge Luis Borges. Borges não seria Borges sem essas duas obras. Ele sempre preferiu a narrativa curta, que possibilita maior controle na execução. Por isso o conto, o conto-ensaio e a poesia foram seus gêneros prediletos.
[...]
Folheie a [Revista Metáfora] até as páginas 58, 59, 60, 61, 62 e 63, amplie, e leia o texto completo no ensaio do crítico Jorge Schwartz que analisa o estilo do autor argentino: labirintos, espelhos e sonhos.

Postar um comentário